Saiba como mudar seu foco agora!

Uma mulher refletindo pois precisa mudar o foco de seus pensamentos!

Comece a leitura e saiba como mudar o seu foco agora!

Passei mais de dez anos da minha vida com depressão não tratada. 

No entanto, depois de todos aqueles anos de depressão e deixando meus pensamentos negativos correrem soltos, meu cérebro estava realmente negativo. Sempre achei o pior em todas as situações e reclamava constantemente. 

Eu sabia que se fosse me recuperar da depressão, teria que mudar minha mentalidade. 

O primeiro passo para fazer isso, foi mudar o que eu estava focando. Você pode encontrar o bem e o mal em cada situação que a vida lhe apresentar, mas se você optar por sempre se concentrar nas negativas, a vida vai ser muito difícil.

Saiba como mudar seu foco agora: Preste a atenção nos seus pensamentos. 

Antes de começar a mudar meus pensamentos, comecei a perceber sobre o que meus pensamentos se tratavam e quais áreas da minha vida eram mais negativas. Tentei não julgar meus pensamentos, mas apenas observar os padrões.

Algumas dessas coisas exigirão um trabalho interno profundo e podem até mesmo levar um longo período de cura. 

Se você tem dito a si mesmo que é feio e que odeia seu corpo, vai ser muito difícil começar a acreditar que você é bonito da noite para o dia. 

No entanto, você pode começar a notar onde você é mais negativo para começar a mudar seu foco. Quando você perceber que está focando em algo negativo, redirecione suavemente seus pensamentos para outro lugar. 

Em vez de dizer a si mesmo que você está errado por odiar seu corpo, simplesmente escolha um novo pensamento. 

Caso você não tenha ninguém para conversar ou você prefira se abrir para um desconhecido, saiba que você pode contar com o Eyhe! 

Lá existem pessoas que já superaram vários desafios e hoje estão inspiradas e preparadas para te ouvir e acolher. É só clicar AQUI! 

Relembre lembranças! 

Recorde uma lembrança favorita ou algo que o faça se sentir bem. Existem tantas coisas bonitas nesta vida nas quais você pode escolher se concentrar. Pode levar muito tempo para treinar-se para se concentrar nas partes bonitas e maravilhosas de sua vida, mas vale a pena o esforço.

Saiba como mudar seu foco agora: Como você está contando histórias?

Quando me fiz essa pergunta, eu percebi que as narrativas que eu estava contando para mim mesmo, eram apenas histórias e não a verdade. Tudo isso foi tão poderoso para mim! Naquele momento eu tinha que decidir como escolher ver as coisas, comecei a ter grandes mudanças em minha mentalidade. 

Sempre que uma situação não parece boa para mim, pergunto-me “qual é a história mais poderosa que posso contar sobre isto?”. Você pode optar por contar a si mesmo narrativas que sejam boas para você. 

Recentemente, tenho contado novas histórias sobre namoro. Em vez de dizer a mim mesma “os homens são terríveis, eu nunca vou encontrar ninguém”, comecei a dizer a mim mesma “há tantos homens excepcionais com quem posso me conectar e passar tempo. Ser solteiro é incrível e me dá muito tempo para crescer na melhor versão de mim mesmo. Eu sei que o relacionamento perfeito está chegando na hora certa”. 

Nenhuma dessas narrativas é mais verdadeira do que a outra, é apenas como você escolhe ver. Minha nova narrativa faz o namoro parecer divertido e emocionante, enquanto a antiga faz a situação parecer uma luta ou até mesmo completamente sem esperança. 

Como você fala com outras pessoas? 

Depois que você começar a contar a si mesmo novas narrativas, preste a atenção ao que você diz às outras pessoas.

Você costuma reclamar?

Costuma apontar o negativo em todas as situações?

Comece a se desafiar e apontar coisas boas para outras pessoas. É ótimo para sua própria mentalidade, mas também ajuda outras pessoas a se sentirem melhor com suas vidas. 

Focar no positivo é um ótimo exemplo a ser dado e você pode servir de exemplo para outras pessoas seguirem para viver uma vida mais positiva e cheia de alegria. 

Quando comecei a fazer isso, me esforcei para manter uma conversa sem reclamar ou apontar o negativo. Foi meu hábito por tanto tempo que era difícil quebrar.

As pessoas tendem a refletir de volta para você o que você divulga. Se você reclamar, eles geralmente farão um comentário negativo, mas se você apontar as coisas boas da situação, eles geralmente farão o mesmo. 

Mudar de reclamação por gratidão!

A certa altura da minha recuperação, percebi que, se quisesse levar minha vida ao próximo nível, teria de desistir de reclamar. 

Eu não me via como uma pessoa otimista e demorei muito para assumir essa identidade. Estou tão feliz por ter feito isso. Desistir de reclamar mudou minha vida de muitas maneiras, tornou os dias ruins mais fáceis e os dias bons ainda melhores. 

Quanto menos reclamava, menos dias ruins tinha e, conforme comecei a me treinar para sempre focar no bom em cada situação, me sentia cada vez melhor.

Faça uma lista de gratidão!

Também comecei a escrever listas de gratidão o tempo todo e isso realmente me ajudou a retreinar meu cérebro para procurar o que é bom nas situações, em vez do que é ruim.

Quando comecei esta prática, escrevi 100 coisas pelas quais era grato todas as noites. No início, foi muito difícil, mas depois de um tempo meu cérebro começou a apontar coisas boas que eu poderia adicionar à lista ao longo do dia. 

Agora, sempre que há alguma pequena coisa que posso adicionar à minha lista de gratidão à noite, guardo-a e isso realmente me ajudou a aprender a procurar as coisas boas que estão acontecendo comigo ao longo do dia. 

E lembre-se, se você precisar conversar com alguém que vai te entender e ouvir, é só acessar o Eyhe! Para conversar, é só clicar AQUI!  

TRADUÇÃO LIVRE. Postado em Radical Transformation Project.   

3 Pings & Trackbacks

  1. Pingback: Como lidar com a perda por suicídio? - Blog Eyhe - Suporte Emocional

  2. Pingback: Como encontrar a paz dentro do caos? - Blog Eyhe - Suporte Emocional

  3. Pingback: O suicídio não é a solução! - Blog Eyhe - Suporte Emocional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Continue Conectado

Podcast Autoconsciente

(Parceiro Eyhe) Episódio 65