Como você pode lidar com a depressão?

Um homem ajoelhado pois está triste e depressivo.

A depressão pode deixar os nossos dias pesados e tristes. Por isso, leia para que você saiba como você pode lidar com a depressão!

Eu lutei contra a depressão durante a maior parte da minha vida. Quando eu era mais jovem, ela me agarrou com bastante frequência. Meu primeiro pensamento suicida foi com 15 anos e isso me assustou demais. Eu era um jovem mudo e não tinha noção do que estava acontecendo.

Quando eu tinha vinte e cinco anos, ela bateu novamente. Desta vez, porém, compreendi a causa. Eu estava me divorciando e toda a minha vida estava em um tumulto.

Imagine uma nova história para a sua vida e acredite nela. – Paulo Coelho

Foi neste momento que eu decidi que ia fazer algo sobre isso. Então, eu mergulhei no mundo do desenvolvimento pessoal. Eu li todos os livros que eu podia.

A seguir estão algumas conclusões que eu tive sobre a depressão e o que me ajudou a libertar-se dela.

  • A depressão é como uma armadilha chinês.
  • Você só vai se livrar da depressão quando você se dar conta dela.
  • Quando você se curva para os seus sentimentos, eles desaparecem.
  • Libere seu poder sobre você!
  • Você não é a sua depressão. Você é a pessoa que está se sentindo deprimida.

Isso pode não funcionar para todos, mas talvez algo pode te ajudar. Continue lendo para saber como você pode lidar com a depressão!

depressão é como uma armadilha chinês: quanto mais você tentar se libertar, mais prisioneiro você se torna.

Quando eu era jovem, eu tentava lutar contra meus sentimentos. Hoje, eu me vejo como o herói da minha própria história e a depressão como a vilã.

A última vez que a depressão veio, eu deitei na minha cama e o sentimento tomou conta de mim como uma inundação. Um minuto eu estava bem e no outro eu já não estava. 

Tudo o que eu conseguia pensar era em me matar. A parte louca disso é que eu tive uma grande vida  e eu não queria realmente fazer aquilo. 

Eu só queria a intensidade do fim. Eu queria ser livre dos sentimentos que estavam me penetrando naquele momento.

A depressão é como uma armadilha chinês. Quanto mais você combatê-la, mais você fica em seu aperto. 

Continue lendo para saber como você pode lidar com a depressão.

Você só vai se livrar da depressão quando você se dar conta dela.

Eu sei que isso vai contra todos os conselhos de autoajuda que existem. Mas a depressão é um animal diferente. Você pode não pensar positivo sobre como será o caminho para sair da depressão, pois é esse tipo de batalha mental que causa a depressão. 

É uma armadilha da forma mais frustrante, porque suas tentativas de derrotar a depressão muitas vezes servem para mantê-lo firmemente no lugar. Em outras palavras, a sua resistência à depressão faz com que ela fortaleça o domínio que tem sobre você.  

Em um verão eu estava com o objetivo de caminhar em uma certa trilha perto da minha casa. No entanto, a trilha constantemente tinha cobras e eu tinha medo de cobras.  

Eu não queria desistir do meu objetivo de ir caminhar pela ilha, então eu me forcei à ir mesmo com as cobras. Eventualmente, eu percebi que elas são relativamente inofensivas e elas não vão te incomodar, se você não incomodá-las. 

Você tem medo da sua depressão? Eu tinha muito medo, especialmente quando se tornou frequente a existência de pensamentos suicidas. Eu passava muitas noites na cama apenas deitado como um tijolo, pois eu tinha medo do que eu poderia fazer para me machucar.

Quando você se curva para os seus sentimentos, eles desaparecem.

Assim é a sabedoria da armadilha chinês. A única saída é curvar-se, para que você pare de temer o que você sente e comece a enfrentar.

Quando eu comecei a pensar sobre as coisas que podem ter causado a minha depressão em vez das coisas que eu pensava que poderia me curar, eu tive uma compressão muito melhor sobre a minha depressão e os motivos dela.

Vi que coisas como crenças negativas, infelicidade com minha carreira e finanças estavam contribuindo para a minha depressão e que eu precisava lidar com essas coisas. Depressão, então, foi mais um sintoma do problema real e não a fonte.

Você não vence o inimigo lutando com ele. Você pode vencê-lo por estar na frente dele e dizendo-lhe que você não tem medo. E então você lida com as coisas que o fazem forte.

Eu comparo a depressão com uma tempestade. Ela vai bater tudo de uma vez, mas  não vai ficar em torno para sempre. Se você esperar muito tempo, os sentimentos vão passar. E o que é deixado está em suas mãos.

Você pode optar por deixar a tempestade da depressão mantê-lo em um estado depressivo mesmo quando os sentimentos reais não estão lá. Ou você pode se levantar, limpar-se e seguir em frente.

Inclinar-se para os seus sentimentos libera seu poder sobre você, mas você ainda precisa mexer-se para liberar seus sentimentos.

Esta é provavelmente a parte mais importante de lidar com a depressão. Não é suficiente apenas enfrentar os seus sentimentos e inclinar-se para eles. 

Se você conhece uma armadilha chinês, você finalmente percebe que para liberar suas garras em seus dedos, você tinha que empurrá-los ainda mais na armadilha. No entanto, para realmente obter os dedos livres, você tinha que mexer-los de volta lentamente.

É exatamente assim que a depressão é. Você pode não ter controle sobre quando ocorre uma depressão. Você pode até precisar de medicação para lidar com ela. Mas você pode controlar o que você faz quando você está deprimido, e assim, você pode se libertar. 

Eu sou a prova disso.

Eu já lutei com esse sentimento durante a maior parte da minha vida. Mas agora eu sei como é a verdadeira alegria e a verdadeira felicidade.

Você pode conhecer a alegria também. 

Como você pode se libertar?

Eu uso um processo de introspecção profundo, trabalho em direção a um objetivo poderoso da minha vida.

Na raiz da minha depressão, eu só pensava as coisas mais inseguras e sensíveis sobre mim mesmo. Isso acontece com a maioria de nós. Estas crenças executadas sob a superfície vem com força em nossa psique. 

Preste atenção nas coisas que fazem você se emocionar, olhe para as crenças que você tem sobre si mesmo e perceba o que existe atrás delas. 

Por exemplo, eu costumava sentir vergonha sempre que alguém iria me destacar na frente dos outros. Enquanto este é um sentimento comum para as pessoas, eu olhei para a crença que pode ter alimentado isso. Descobri que por baixo de tudo era uma antiga crença desde a infância: “Eu sou ruim.”

Agora, quando eu reconheço que esta crença está vindo à tona, eu me lembro que é humano cometer erros e isso não faz de mim uma pessoa má. 

Se você tem crenças negativas sobre si mesmo, encontre alguém que você confia e fale para essa pessoa sobre estes pensamentos e sentimentos. Ou pense sobre eles para entender o porquê eles foram formados e como você pode deixá-los ir.

Outra tática poderosa para viver livre da depressão é concentração. Eu gosto de resolver quebra-cabeças ou fazer algo criativo para levar minha mente longe de pensamentos que a depressão traz.

Note que isso não é uma maneira de evitar os seus problemas.

Pensamentos deprimidos são como uma fita que reproduz automaticamente na parte traseira de sua mente. Quando você mergulhar em uma atividade, você interrompe a fita e quebra o ciclo negativo para que não fique com o foco em pensamentos negativos. 

Dizem que o dinheiro não pode comprar a felicidade, mas isso não é totalmente verdade. De acordo com um estudo, o lucro pode realmente aumentar nossa felicidade.

Tudo tem jeito!

Para corrigir minhas finanças, parei de desperdiçar dinheiro em coisas que não estavam me trazendo alegria e assim, fui em busca de formas para aumentar a minha renda.

Por último, tenho focado em encontrar um trabalho significativo. Um dos maiores culpados de depressão é um sentimento de desesperança e desespero. Por isso, encontrar um trabalho significativo ou um propósito de vida profundamente pessoal vai fazer maravilhas.

No meu caso, descobri que a carreira que eu estava seguindo estava me deixando mais deprimido. Eu era um engenheiro, mas os longos dias sentado em um cubículo foram me deixando louco. Eu queria um trabalho onde eu pudesse sentir como se estivesse fazendo algo que importava.

Foi aí então que eu iniciei a minha carreira de escritor e o freelancer começou. Eu fazia trabalhos que eu amava fazer. 

Quando você fazer mais o que gosta de fazer, você se torna mais a pessoa que você sempre quis ser, o que faz com que você seja muito mais feliz com a sua vida.

Você não é a sua depressão. Você é a pessoa que está se sentindo deprimida.

Até que eu percebi isso, eu estava me vendo como uma pessoa deprimida e eu estava permitindo que isso me definisse. 

Você não é os seus sentimentos. Fique na frente de um espelho e grite isso para si mesmo. Grite-o para o mundo, você é mais do que isso.

Você é o que você escolher para ser.  Não deixe a depressão bater em você e mantê-lo preso. A porta está aberta.

Agora que você sabe como você pode lidar com a depressão, é só colocar as dicas em prática!

Se as dificuldades relacionadas à depressão continuarem, acesse o Eyhe e converse com alguém que já superou esse desafio e hoje está disponível para te ouvir e acolher. É só clicar AQUI!

Tradução Livre. Postado em Tiny Buddha.

3 Pings & Trackbacks

  1. Pingback: O que fazer quando estiver triste? - Blog Eyhe - Suporte Emocional

  2. Pingback: Como deixar o excesso do trabalho de lado? - Blog Eyhe - Suporte Emocional

  3. Pingback: Como ajudar uma pessoa suicida? - Blog Eyhe - Suporte Emocional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Continue Conectado

Podcast Autoconsciente

(Parceiro Eyhe) Episódio 65