Como viver melhor a vida?

Um homem livre com os braços abertos após saber como viver melhor a vida.

Existem inúmeras ações que nós não temos controle. Mas, sobre como vamos reagir sob certas ações, temos. É aí que está o segredo da vida. Continue lendo e saberá como viver melhor a vida!

Você sabe qual é este segredo? 

Continue lendo e saberá! 🙂

  1. Introdução.
  2. Achismo Alheio.
  3. Julgamento X Conselho.
  4. Lei do Espelho.
  5. Gratidão e autocompaixão.
  6. Ciclos. (respeitar)
  7. Viva! 

“A vida é maravilhosa se não se tem medo dela.” – Charles Chaplin.

Você já parou pra pensar o quanto de coisas você não fez por ter medo? Em vez de fazer, só ficou se preocupando com o que falariam sobre você? São muitas preocupações mas nenhuma envolve a sua vontade, é só sobre os outros. 

E se você pensasse primeiramente em si mesmo?

Você deixaria de fazer o que tem vontade? Agora, faça esse exercício comigo. Pense na situação mais recente que viveu e responda as perguntas para si mesmo. 

Agora, pense. Se você pudesse voltar no tempo, qual seria a sua atitude? Se você mudaria, esteja pronto para fazer diferente na próxima vez que estes pensamentos te assombrarem. Caso você continue com o mesmo pensamento, tá tudo bem. 

Nós crescemos com idealizações inseridas em nossas mentes e não é fácil quebrar a barreira. E quer saber, às vezes nem é tão necessário quebrar. Mas, sempre lembre que, a partir do momento em que as suas crenças te colocam em uma caixa, você está preso. 

Como somos seres em evolução, por que não deixar que nossos pensamentos, emoções e conceitos estejam se refazendo a cada dia que passa? Todos somos livres para sermos o que quisermos! Lembre-se disso. 

Não estou aqui para falar sobre voltar no tempo, até porque não temos este poder. Mas, podemos mudar as nossas atitudes na próxima situação que estamos prestes a viver. 

Por essa oportunidade e outras que eu valorizo tanto todos os erros que já cometi em minha vida. E claro, tenho orgulho de cada um. Saiba que ter orgulho dos nossos erros não nos faz hipócritas, nos faz inteligentes. 

Quando temos a consciência de um erro, obviamente não vamos repeti-lo. Desta forma, evitamos repetições de situações desagradáveis. Sem falar no quanto isso nos faz crescer e evoluir, tanto sozinhos quanto em convívios sociais. 

Como viver melhor a vida: A opinião dos outros não importa! 

Muitas vezes nos sentimos coagidos ao sentir vontade de fazer algo por se preocupar demais com o que os outros vão pensar sobre a gente. Mas, afinal, quem são eles para nos julgar? Somos todos iguais.

A verdade é essa, mas poucas pessoas têm a noção. Algumas acham que tem o poder do julgamento e outras acreditam que seja justo mudar pelo o que os outros pensam.

A partir do momento que temos autonomia de fazer nossas escolhas, devemos nos orgulhar delas, pois realmente é o que desejamos. Não devemos mudar a nossa forma de agir/pensar/fazer por causa de outras pessoas. 

O que tem a ver com nós mesmos, só condiz à nós mesmos. Se nos concentrarmos todos nessa ideia, todos seríamos verdadeiramente como gostaríamos de ser. Sem medo de julgamentos e sem possibilidade de mudança perante o “achismo” dos outros.

Como viver melhor a vida: Julgamento X Conselho 

Claro que tudo isso envolve uma diferença entre: julgamento e conselho. É importante sabermos diferenciar quando alguém está querendo dar um conselho construtivo de quando é sobre julgar.

Se for um conselho construtivo, que realmente some para a sua vida, está em suas mãos ouvi-lo ou ignorá-lo. É essencial lembrar que não devemos mudar por ninguém a não ser por nós mesmos.

Não é porque a pessoa está falando que você deve mudar, que você de fato precise mudar. Você tem este poder em mãos, se você realmente acreditar que mudando a sua vida irá melhorar, sim, você deve mudar. Por você.

Agora, quando alguém vem para te julgar, sendo sobre qualquer área da sua vida ou qualquer coisa, a conversa deve ser diferente. Não venha me dizer que prefere ficar na sua para não se estressar. Você tem que se impor.

Afinal, a vida é sua. Quem está vivendo é você, não aquela pessoa que está achando algo ruim. Por isso, se você achar que vale a pena, converse com essa pessoa, explique o porquê. Mostre para a pessoa que mesmo que para ela não tenha importância, para você tem e é isso que importa. 

Como viver melhor a vida: Acredite na Lei do Espelho! 

Por tudo isso que devemos perceber a veracidade da lei do espelho. Ela nos diz que: o que criticamos nos outros são nossos próprios defeitos, pois o que vemos nos outros é reflexo de nós mesmos. 

Então, o que te incomoda na outra pessoa tem mais a ver com você do que com a outra pessoa. Por isso, quando alguém vir te criticar, lembre-se que isso diz mais sobre ela do que sobre você mesmo. E, claro, ignore. 

Como viver melhor a vida: Pratique a gratidão!

Essa é uma prática ótima para conseguir se compreender melhor e entender que aquilo que já temos, é mais do que o suficiente para termos uma vida incrível!

Com a prática da gratidão frequente, começamos a receber mais coisas boas em nossas vidas. Pois, quando nos sentimos gratos pelas coisas que temos, em vez de pensar nas coisas que não temos, o universo nos retribui com mais coisas boas! 

Para que os nossos dias não sejam pesados, devemos estar com o foco naquilo que já conquistamos, não adianta estar focado naquele emprego que perdeu, você só estaria se torturando por algo que passou. Então, foco nas coisas boas! 

Como viver melhor a vida: A empatia não é só para os outros não! 

Quando algum amigo aparece com alguma dificuldade, agimos com empatia e tentamos de tudo para ajudá-los. Mas, e quando é com nós mesmos?

Tudo bem, podemos receber conselhos de amigos, mas o conselho que mais ajuda neste caso, é aquele que vem do coração: A autocompaixão. O respeito por si mesmo, de entender que é um momento ruim e não tem problema passar por dificuldades.

Se culpar, se tratar mal, se xingar não vai te ajudar em nada, apenas irá piorar a sua situação. Pois, o que mais faz diferença nestes momentos, é o apoio interno. É você mesmo se acolher e entender o que você está vivendo.

Falamos antes sobre julgamentos e todos sabemos que não é muito legal ser julgado, mas e aí, por que você se julga? A gente se olha no espelho e quando vê já está se julgando. Tanto com aparência quanto atitudes. 

Um ótimo passo para viver bem é fazer as pazes consigo mesmo! Amar-se, cuidar-se, se tratar bem. Pois, a forma com que a gente se ama, a gente ensina os outros nos amar. 

Ame-se muito e tenha orgulho de quem você é! 
Respeite os ciclos da vida! 

Costumamos insistir em ciclos que já não fazem mais sentido em nossas vidas, o que nos deixa desgastados. Viver algo que já não cabe em nossa vida nos faz muito mal, pois acreditamos que é só uma fase e assim se passa muito tempo. 

Se você estiver vivendo o final de um ciclo e estiver difícil para lidar, saiba que no Eyhe existem pessoas dispostas para te ouvir e acolher! 

Temos que ter a consciência de sermos desapegados com isso, pois quando chega o momento de se despedir, devemos ser maduros o suficiente para estarmos preparados para o novo. 

Claro, nós temos medo do novo. Somos seres completamente acostumados com a zona de conforto e para sair dela, não é tão fácil. Todos reconhecemos isso. Mas, a verdade é que: é muito mais fácil se desapegar daquele ciclo do que se adaptar em algo que não faz mais parte da vida. 

Pratique o desapego, saia da zona de conforto e verá!
Viva ao máximo! 

“Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.” – Oscar Wilde

Sim. É triste pensar nisso mas é a verdade. Muitas pessoas só existem, elas não aproveitam, de fato, a vida. Devemos ter a consciência do privilégio que é estar vivo e poder viver livre. 

Todos entendemos que existem dias ruins, temos que viver estes também. Mas, por que não desfrutar de uma forma que seja possível colher algo bom? Pois, tudo é aprendizado. 

De qualquer situação que vivemos, mesmo ela sendo ruim ou boa, colhemos algum ensinamento e é nisso que nosso foco deve sempre estar: aprender! 

Não sabemos o que será de nós amanhã, então, sim, mesmo que seja aquela frase clichê que está em todo lugar, iremos dar ênfase: Viva hoje como se fosse o seu último dia! 

É desta forma que conseguimos dar o máximo de valor para a nossa existência, pois se nós não pensarmos assim, vamos ficar naquela de deixar tudo para amanhã. Mas e se o amanhã não chegar? 

Seja você, viva e aproveite cada segundo! 

Conhece alguém que precisa de algumas dicas para viver melhor? Compartilhe o texto! 

One Ping

  1. Pingback: Como o diálogo pode ajudar? - Blog Eyhe - Suporte Emocional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Continue Conectado

Podcast Autoconsciente

(Parceiro Eyhe) Episódio 65