Como ser seu próprio amigo?

Um homem feliz pois ele construiu uma amizade consigo mesmo e hoje ele se ama.

Para que você consiga levar uma vida mais leve e tranquila, é indispensável ter a consciência de como ser o seu próprio amigo! O amor começa em nós mesmos. Por isso, continue sendo e saiba como ser seu próprio amigo!

“Você, assim como qualquer pessoa no universo inteiro, merece seu amor e carinho.” – Buda

Não sou o primeiro a apontar isso, mas o principal motivo de sempre sentirmos que falta algo, é que esquecemos a palavra mais importante nessas orações, aspirações e práticas: VOCÊ! 

Mas a verdade é que isso é muito difícil para nós. Em um nível muito profundo e ferido, realmente não achamos que merecemos sentir a felicidade. 

Como ser seu próprio amigo: É sobre se dar uma chance! 

Veja bem, antes de descobrir o budismo e a meditação, eu era viciado em drogas. Durante esses 23 anos de loucura, apego e tristeza, magoei muitas pessoas. Mas, principalmente, por auto-aversão e vergonha, me machuquei.

Quando finalmente decidi dar uma chance real à recuperação, tive que começar um processo longo, lento e sempre doloroso de fazer as pazes, não apenas com meus amigos e familiares, mas também comigo mesmo.

Confie que você consegue! 

Comecei esse processo fazendo um esforço sincero para cuidar de mim. Engoli meu orgulho e procurei a ajuda de que precisava.

Eu fui a reuniões de terapia e recuperação. Mas, todos sabemos que não é de fácil acessibilidade este tipo de tratamento, por isso, é indicado que os desabafos estejam em dia. Se você precisar conversar com alguém, saiba que no Eyhe você encontra pessoas que já superaram vários desafios e hoje estão prontas para te ouvir e acolher! É só clicar AQUI!

O início da cura! 

Comecei a cuidar do meu corpo através de dieta e exercício. Mas o mais importante, eu aprendi como dizer três palavras simples:

Eu te amo.

Essa foi a coisa mais difícil de todas, mas depois que me acostumei com a ideia de que eu era digno do meu próprio amor, comecei a ter a sensação estranha e maravilhosa de estar me tornando meu melhor amigo.

Como ser seu próprio amigo: Um passo de cada vez!

Cinco anos depois, ainda estou construindo essa amizade e, como qualquer outro relacionamento, é preciso trabalho, cuidado, atenção e paciência. Todos os dias tenho que me lembrar que, apesar de todas as minhas falhas, sou verdadeiramente digno de amor e bondade.

Esse novo relacionamento comigo nem sempre foi fácil. Ainda há dias em que os velhos reflexos surgem.

Mesmo sem pensar, acho que estou sendo muito duro comigo mesmo e que não estou me dando espaço suficiente. Então, me sinto tenso quando começo a afundar e sentir aquela velha indignidade entrando de volta.

Mas, ao longo dos anos, acho que sou mais capaz de me segurar antes de cair muito fundo naquele buraco.

O amor começa em você! 

Através de consciência e prática, agora estou capaz de me lembrar da verdade: 

Eu não sou uma pessoa terrível. 

Eu não sou indigno.

Então, eu posso começar a escalada relativamente fácil de um buraco que sempre foi muito mais profundo.

Isso não tem sido fácil, mas descobri que a prática de me amar também não foi impossível. E, gradualmente, percebi que todo o esforço que investi valeu a pena! 

Agora é a sua vez de tentar! 

Então, tente isso:

Encontre um espelho e um lugar calmo. 

Agora, observe bem a pessoa naquele espelho. Quem é realmente? Olhe profundamente em seus olhos e encontre o ser humano ali, a pessoa que é, como todos os seres sencientes, apenas fazendo o melhor que pode.

Seja gentil, amável, suave. Seja amigável. E ao fazer tudo isso, gere uma sensação de carinho e amor por essa pessoa e diga a ela com todo o seu coração:

Eu te amo!

Você merece ser feliz.

Seja livre de tanto sofrimento! 

Diga isso de novo e de novo, o tempo todo olhando profundamente em seus olhos.

Aprecie o momento! 

Essa prática nem sempre é um momento feliz. É possível que muitos sentimentos feridos, deficiências e medos surjam neste momento.

Mas tá tudo bem. Você não está fazendo errado. 

Chore se você precisar. 

Mas, sempre lembre que você é merecedor de amor, exatamente do jeito que você é.

Seja paciente! 

Não podemos esperar passar de feridos a curados e inteiros da noite para o dia. 

Leva tempo, trabalho, paciência e muita ajuda.

Se você precisar de alguém para te acolher, saiba que no Eyhe você encontra pessoas dispostas a te ouvir e ser seu ombro amigo! É só clicar AQUI!

Postado em Tiny Buddha.

2 Pings & Trackbacks

  1. Pingback: Como se libertar do seu passado? - Blog Eyhe - Suporte Emocional

  2. Pingback: Como ouvir a intuição? - Blog Eyhe - Suporte Emocional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Continue Conectado

Podcast Autoconsciente

(Parceiro Eyhe) Episódio 65