Como encontrar forças?

Mulher pensativa pois está sem forças para viver.

Às vezes passamos por momentos cinzas, onde a falta de esperança nos deixa com pensamentos negativos que nos fazem querer desistir. Leia e saiba como encontrar forças?

ATENÇÃO: Este post tem referências de pensamentos suicidas. 

Já se passaram inúmeros pensamentos em minha mente sobre suicídio. Mas, teve uma época em que eu pensei que realmente tinha encontrado o meu caminho e nunca mais iria ter esses pensamentos. 

Eu estava errada.

Hoje à noite, eu estava sentada na banheira assistindo a água sair pela torneira e encostar na banheira. Tudo que eu conseguia era em como seria fácil ver o meu sangue pelos meus braços na água em seu lugar.

Pensei em como seria fácil não ter que se levantar todas as manhãs para enfrentar mais um dia vazio. Pensei na paz que eu teria se eu não estivesse com medo o tempo todo e como seria maravilhoso estar livre da prisão da minha mente.

Eu anseio por um sentimento de segurança. Por muito tempo eu quero sentir qualquer coisa que é algo mais do que o nada que eu sinto agora.

O que você quer? Eu sei! 

Eu quero também e todos também querem. Você quer alguém para te amar, para cuidar, alguém para dizer que tudo vai ficar bem.

Você quer alguém para te dizer que, mesmo se você não é perfeito, você é suficiente apenas como você é.

O que queremos é que o passado desapareça e isso é impossível. 

Você quer alguém para cuidar e parece que não há nenhuma quantidade de carinho que irá preencher o buraco vazio em seu coração. 

Cada dia é uma luta para sobreviver. 

O vazio que enche seu coração e sua alma começa a assumir a sua racionalidade.

Em algum momento as coisas se tornaram sem sentido. A vida que você viveu por tantos anos era apenas uma luta para sobreviver.

Os pensamentos negativos intermináveis ​​giram em torno do seu cérebro obrigando você para acabar com tudo. 

Você olha para a televisão sabendo que você está desperdiçando sua vida, mas não é capaz de sair do sofá e sair de casa.

Como encontrar forças: Por que você não deve desistir? 

Eu não sei porque eu não desisti. A maioria dos dias eu quero desistir. Mas, o espírito humano é poderoso. O desejo de viver é uma necessidade fortemente considerável que me mantém neste mundo.

Há apenas uma razão para que eu não desista, existe apenas uma crença que fica na parte de trás da minha mente que me faz continuar dia após dia.

Qual é essa crença?

Como encontrar forças: A esperança!

Há sempre algo que eu espero. Espero a mudança, a força, o amor e que as coisas não sejam sempre a mesmas.

Esperança, meus amigos, é a única coisa que me mantém e provavelmente mantenha você também. 

O que esperança quer dizer? Para mim, são meios para não desistir. Isso significa constantemente à procura de uma nova forma. Significa olhar profundamente para dentro para encontrar o que exatamente está faltando. 

E agora?

Eu não posso te prometer que as coisas vão mudar amanhã.

Eu não posso te prometer que você vai parar de escolher o parceiro errado ou que as coisas magicamente vão ser melhor.

Em vários dias eu fico com o pensamento de que está tudo perdido e quero desistir. O pior de tudo isso é que eu não sei o porque me sinto assim. Me sinto estúpida por não ser feliz com o que eu tenho.

Eu quero ser o suficiente.

Eu quero sentir o suficiente.

Quero prosperar, não apenas sobreviver.

Por agora, eu faço o melhor que posso fazer. Eu acordo todos os dias e percebo que preciso mudar alguma coisa e eu percebo que em algum momento vou conseguir mudar.

Isso, meu amigo, é o suficiente. Acreditando que a mudança pode acontecer é o suficiente.

Porque há sempre um amanhã!

Como eu sei que “isso também passará”? Eu sei porque os sentimentos e circunstâncias sempre mudam. 

A mudança é a natureza da vida.

Depois de ter escrito isso, quando estava no processo de edição, eu liguei para o meu médico para ver se estava na hora de voltar à alguma medicação. Eu estava me sentindo desanimada e sabia que algo precisava mudar. 

Então, onde eu poderia ir? O que mais eu poderia fazer? Minha resposta para mim mesmo: “pesquisar no Google”, é claro. Comecei a olhar grupos que eram relacionados com relacionamentos, amor e felicidade.

Eu sentia que precisava de alguém não apenas para me dizer que eu sou o suficiente (intelectualmente, eu sei disso). Eu precisava que a pessoa me desse ferramentas para me ajudar a acreditar que eu sou o suficiente.

Quando estamos prontos para ouvir, a mensagem vem.

Reservei uma sessão com o médico e tudo ficou claro. Eu finalmente compreendi a natureza complexa de como se pode passar a vida sem amar, aceitar e como seus medos podem limitar a sua existência.

Talvez você não perceba, mas você pode temer a felicidade e assim, você mantém os pensamentos negativos como um meio para se proteger. 

Eu percebi que eu tinha que mudar os meus pensamentos e sentir o amor e valor por mim mesma. Pois, se eu não fizesse isso, ninguém faria.

Desta forma, decidi. Aquela era a hora para eu parar de achar que alguém me completaria, porque ninguém ia preencher um vazio que era totalmente responsabilidade minha. Por eu não me amar, não me valorizar.

Se você não desistir e manter a procura de ajuda e chegar aos outros, você acabará encontrando pessoas, ferramentas e recursos que vão te ajudar na cura. 

Eu faço isso mais e mais e eu vou fazer sempre. Se eu posso fazer isso, você também pode. Acredite! 

Tradução Livre. Postado em Tiny Buddha.

Se você ainda estiver querendo desistir, saiba que você não precisa passar por isso sozinho. No Eyhe você encontra pessoas que já superaram vários desafios e hoje estão prontas para te ouvir e acolher! É só clicar AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Continue Conectado

Podcast Autoconsciente

(Parceiro Eyhe) Episódio 65